Crise econômica, coronavírus: a Frente Popular abrindo caminho para o fascismo e a necessidade do Partido Revolucionário

Urgente, precisamos de um partido operário revolucionário para dizer o que é necessário: acabar com o capitalismo! O atual caos deve servir para consciência de que o sistema capitalista, como disse Lenin há 100 anos atrás, não se desenvolve sem crises econômicas, guerras e pandemias!

Lutar por um governo da classe operária baseado em conselhos de trabalhadores e uma milícia operária para realizar a reorganização revolucionária de uma sociedade socialista.

Por “comitês de crise” dos trabalhadores, por um movimento classista para assumir o controle dessa crise, nacionalizar todos os grandes bancos e grandes indústrias sem um centavo de compensação para a burguesia, sob controle democrático dos trabalhadores. Precisamos que os trabalhadores centralizem o planejamento social para determinar quem deve trabalhar, sob quais condições, com que equipamento de segurança e o que deve ser produzido e onde deve ser distribuído. Nenhum dinheiro para salvar a burguesia falida! Pacote de resgate para os trabalhadores e sistema de saúde!

Derrotar a esquerda reformista e traidora que cria ilusões nesse sistema falido e tentam administrar a crise do capital!

A instabilidade do governo Bolsonaro, as acusações e disputas entre setores da burguesia, os ataques que vem sofrendo da mídia são consequências da enorme crise política, econômica e social do caos capitalista que viemos. A esquerda reformista que quer a caída de Bolsonaro via impeachment, com aliança com setores burgueses, por dentro do sistema capitalista apenas afirmam seu reformismo e promessas de que podem melhorar o capitalismo. Não podem! Só farão é alimentar o fascismo, única forma da burguesia “resolver” a crise. Trabalhadores, Greve Geral para garantir o isolamento social, derrubar Bolsonaro, expropriar hospitais, fábricas e bancos e tomar nas próprias mãos as ações para combater a epidemia e a crise econômica! Diante do caos capitalista, socialismo para sobreviver!

Bolsonaro provavelmente não se sustentará por muito tempo. Os tanques na rua não serão para garantir o isolamento e conter a pandemia e sim para garantir que os trabalhadores paguem o preço da crise com seu sangue! Abaixo a esquerda reformista que nos amarra à burguesia e ilusões no capitalismo!

A Frente Popular abrindo o caminho para o fascismo!

A burguesia não tem como sair dessa crise sem atacar fortemente a classe trabalhadora. A esquerda reformista e traidora como o PT que se une a setores burgueses e a reacionária Rede Globo para criar ilusões no capitalismo e apoiando pacotes de dinheiro público para salvar bancos e grandes empresas, estão abrindo caminho para ditadura e fascismo, porque essa sim é a única saída real para a burguesia para fazer com que os trabalhadores paguem pelo preço da crise.
Hora dos trabalhadores romper com o reformismo! Por um partido revolucionário e que os trabalhadores organizados em comitês tomem em suas mãos as medidas de controle contra a epidemia e a crise econômica, tomando as fábricas e expropriando a burguesia.
Nenhum dinheiro público para bancos e grandes empresas! Dinheiro para os trabalhadores e para salvar vidas!

A pandemia é um catalizador de uma depressão da economia mundial já anunciada.
Bolsonaro é mais um governo, depois da Dilma, que tudo indica não resistirá a crise terminal do capitalismo.
Doria, Caiado, Rede Globo, generais do exército e todos os setores burgueses contra Bolsonaro só estão preocupados em como manter “estabilidade” num momento em que o capitalismo precisa destinar dinheiro público para salvar bancos e grandes empresas as custas do sangue da classe trabalhadora!
Abaixo a esquerda reformista que abre caminho para a ditadura e os fascismo se juntando a setores da burguesia! Por uma esquerda que resgate a luta revolucionaria da classe trabalhadora para derrubada da burguesia e por um governo dos trabalhadores!

Bolsonaro mobilizando a classe média com carreatas por todo o país. Setores burgueses, Rede Globo, cúpula do exército e políticos no congresso se mobilizando contra Bolsonaro. Estamos a beira do fascismo com um golpe ou guerra civil.
Centrais sindicais, sindicatos, partidos de esquerda que continuarem a se juntar com setores da burguesia para criar ilusões de que existe saída da crise por dentro do capitalismo, deixando a classe trabalhadora na passividade, atestarão sua traição e abrem caminho para o fascismo.
É preciso que as organizações dos trabalhadores, seus sindicatos e centrais mobilizem a classe pela base, com comitês por local se trabalho pela greve geral e por uma saída revolucionaria e socialista dessa crise, expropriando a burguesia e os bancos, com um governo dos trabalhadores!

Diante do caos capitalista, socialismo para sobreviver!

Grupo de Trabalhadores Revolucionários GTR-Br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s